Conheça a importância da atividade física nas empresas e como incentivá-la

Integrar a atividade física ao ambiente corporativo é essencial para promover não apenas a saúde física, mas também o bem-estar mental. Porém, estes não são os únicos benefícios: sua promoção resulta em benefícios significativos para a organização. 

Neste artigo, vamos explorar a influência positiva da atividade física no contexto organizacional, estratégias práticas para estimulá-la entre os colaboradores e construir uma cultura de bem-estar no ambiente de trabalho. Acompanhe!

Qual é a importância da atividade física no trabalho?

De fato, as atividades físicas ajudam a melhorar a saúde física e mental, melhorando a qualidade de vida e o bem-estar. Porém, como isso influencia no ambiente corporativo? A seguir, confira os principais benefícios da atividade física no contexto organizacional:

Redução de acidentes de trabalho

De acordo com Tony Schwartz, autor de The Power of Full Engagement, funcionários com um bom condicionamento físico cometem 27% menos erros do que as pessoas que estão fora de forma.

É fundamental viabilizar os cuidados com a saúde física dos colaboradores. Isto é, incentivar a prática de atividade física reduz dores musculares e fortalece a musculatura, reduzindo riscos de acidentes.

Mais foco e produtividade

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada um dólar investido em saúde mental e bem-estar, quatro são ganhos com aumento de produtividade. Isto é, o investimento e incentivo à prática de atividade física é altamente lucrativo para as empresas.

Isso porque fatores como uma boa rotina de sono, exercícios físicos e mindfulness são fundamentais para a produtividade e podem ser impulsionados através das atividades físicas. 

No geral, é impossível sentir-se produtivo sem estar com a saúde física em dia. Além disso, a responsabilidade sob o seu bem-estar é dos próprios colaboradores, mas as empresas conseguem impulsioná-la promovendo mais educação voltada aos cuidados relacionados à saúde, e viabilizando o acesso a esses cuidados. 

Redução do estresse

Estresse é uma reação natural do organismo que ocorre quando vivenciamos situações de perigo ou ameaça. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 90% da população mundial sofre com esse distúrbio. No Brasil, essa é uma preocupação ainda maior – já que somos o segundo país com maior índice de estresse no mundo, segundo a ISMA-BR

Nesse contexto, a rotina de trabalho pode ser muito estressante. Isto é, os colaboradores podem sentir uma certa pressão ao lidar com prazos e metas, levando a doenças laborais ligadas à saúde mental, como o cansaço mental, síndrome de burnout e ansiedade.

Desse modo, o estímulo à prática de atividades físicas é fundamental para evitar que os trabalhadores desenvolvam estresse. Em outras palavras, a atividade física regular aumenta os níveis dos hormônios do bem-estar, além de melhorar a autoestima dos praticantes.

Redução do absenteísmo

Absenteísmo é caracterizado pela ausência não planejada e injustificada de um indivíduo em relação ao trabalho. De acordo com o Anuário do Sistema Público de Emprego e Renda do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), os casos de afastamento do trabalho motivados por doenças ocupacionais aumentaram em 25% na década de 2010. 

Além disso, cerca de R$10 milhões são perdidos anualmente com os custos do absenteísmo, de acordo com o levantamento da Mercer Marsh Benefícios. Esses dados mostram que a falta de investimento em saúde e bem-estar nas organizações pode acarretar no desenvolvimento dessas condições, além de aumentar as despesas relacionadas ao fenômeno.

Assim, incentivar a prática de atividade física impacta diretamente na motivação dos colaboradores e, claro, os ajuda a cuidar da saúde. Além de impactar diretamente na economia da empresa.

Melhoria do clima organizacional

Clima organizacional é a percepção das pessoas colaboradoras sobre o ambiente de trabalho e a cultura da organização. Nesse contexto, algumas ações de incentivo à prática de atividade física funcionam como uma forma de melhorar o clima organizacional

Isto é, praticar atividades físicas significa cuidar do bem-estar – que, por sua vez, aumenta o engajamento e a motivação dos funcionários, pilares essenciais para a criação de um bom clima organizacional. 

Fortalecimento do employer branding

Desenvolver iniciativas de incentivo à prática de atividades físicas mostra que a empresa se preocupa com a saúde do colaborador, solidificando uma cultura de bem-estar e naturalmente atraindo melhores talentos. Em outras palavras, essas ações fortalecem o employer branding

Como estimular a atividade física entre os colaboradores?

Estimular a atividade física entre os colaboradores é fundamental para promover a saúde, o bem-estar e a produtividade no ambiente de trabalho. Por isso, listamos algumas estratégias práticas para incentivar a prática de exercícios:

Ofereça auxílio academia

Auxílio academia, ou vale-academia, é um benefício flexível que torna acessível a prática de atividades físicas e a frequência em academias. Entretanto, ele vai além do simples reconhecimento da importância da saúde, abrangendo aspectos como o bem-estar, a produtividade e a satisfação no ambiente de trabalho. Para facilitar sua escolha, listamos as principais maneiras de oferecer o auxílio academia. Confira:

GoGood

GoGood é o benefício de bem-estar mais completo do mercado, que dá acesso a milhares de academias, psicólogos, nutricionistas e telemedicina para um cuidado completo. Através de seus diferenciais únicos, é possível engajar os funcionários de verdade. Isto é, colaboradores que utilizam a GoGood têm uma frequência 2x maior de uso das academias.

Em outras palavras, a GoGood é a opção mais democrática e acessível de auxílio academia, abrangendo os colaboradores onde quer que eles estejam, além de contemplá-los às diferentes modalidades.

CTA-Conheca-melhor-todos-os-beneficios-da-GoGood.webp

Cartão flexível

Esse modelo simplifica o processo de disponibilização e administração do auxílio academia. Ou seja, o cartão flexível é um benefício que permite que os funcionários tenham maior autonomia na utilização dos valores creditados.

Neste contexto, o colaborador pode usar esse cartão para arcar com despesas relacionadas a atividades físicas, como academias, estúdios e boxes. Essa flexibilidade permite que os funcionários escolham as opções que mais se adequam às atividades físicas favoritas e outras necessidades. 

Plano academia

Também é possível criar um plano de academia personalizado, ou seja, oferecer a opção de escolher uma academia específica aos funcionários. Entretanto, esse modelo limita as opções de atividades físicas que o colaborador pode escolher. Além de não funcionar para organizações com regime híbrido ou home office.

Academia interna

Por último, a criação de uma academia interna é uma opção para empresas de maior porte que optam por ir além e constroem um local de treino nas instalações da organização.

Porém, essa construção deve levar em consideração a estrutura da organização. Ou seja, a quantidade de pessoas colaboradoras e o tipo de regime de funcionamento (presencial, home office ou híbrido).

Além de representar alto investimento, optar por uma academia interna restringe o funcionário a uma ou poucas modalidades. Em outras palavras, é preciso avaliar cuidadosamente se esta é a melhor alternativa a partir do perfil dos seus colaboradores.

Estabeleça uma cultura de bem-estar

Cultura de bem-estar refere-se a um conjunto de valores e práticas que promovem e priorizam o bem-estar dos colaboradores. Dessa forma, a saúde física faz parte dos elementos-chave para a criação de uma cultura de bem-estar de sucesso. 

Promova trilhas de bem-estar 

A implementação de trilhas de bem-estar é uma estratégia que envolve uma série de atividades e desafios relacionados à saúde. Essas trilhas podem abranger, por exemplo:

  • Metas de exercícios;
  • Práticas de meditação;
  • Metas nutricionais;
  • E outros objetivos relacionados ao bem-estar. 

Participar de trilhas de desafios, por exemplo, cria um senso de propósito e conquista, incentivando os colaboradores a adotarem comportamentos saudáveis de maneira lúdica e interativa.

Crie equipes esportivas

Muito popular entre os parceiros GoGood, a formação de times esportivos dentro da organização é uma prática comum para promover a atividade física e o espírito de equipe. Incentivar a prática de exercícios e fortalecer os laços interpessoais entre os colaboradores é essencial e possível através de atividades físicas, por exemplo:

  • Partidas de futebol;
  • Corridas;
  • Partidas de vôlei;
  • Entre outros.

Essas atividades não apenas contribuem para a saúde física, mas também promovem a cooperação e conexão entre as pessoas.

Ofereça grupos de treino

Oferecer grupos de treino é uma maneira prática de incentivar a atividade física entre os colaboradores. Seja em academias, sessões de ioga ou grupos de corrida, a oferta de oportunidades de treinamento contribui para a saúde física e mental. Esses grupos não apenas proporcionam uma opção conveniente para os colaboradores se exercitarem, mas também criam um senso de responsabilidade mútua e apoio.

Como criar uma cultura de bem-estar no trabalho?

Uma cultura de bem-estar vai além de simplesmente oferecer benefícios. Ou seja, envolve a criação de um ambiente de trabalho onde o bem-estar físico, emocional, mental e social é valorizado e apoiado ativamente. 

Desse modo, a saúde física é um dos elementos-chave da cultura de bem-estar nas organizações e ela pode ser estimulada através da atividade física. Para isso, existem alguns pontos que devem ser trabalhados. Por exemplo:

Comprometimento da liderança

Em primeiro lugar, é importante envolver e alinhar a liderança para promover a cultura de bem-estar. Os gestores da empresa devem demonstrar ativamente seu apoio e envolvimento na promoção do bem-estar.

Por isso, listamos os principais pontos onde as lideranças conseguem impactar e contribuir para essa cultura:

  • Exemplo e modelo de comportamento;
  • Definição de prioridades;
  • Comunicação eficaz;
  • Alinhamento com a cultura corporativa;
  • Fomento da confiança e lealdade;
  • Melhoria do desempenho e da produtividade.

Líderes que valorizam o bem-estar demonstram que os colaboradores são uma prioridade, criando um ambiente onde o bem-estar é integrado à cultura corporativa. Isso, por sua vez, promove um ambiente de trabalho mais saudável, produtivo e positivo.

Avaliação das necessidades

Em seguida, realize uma avaliação das necessidades dos colaboradores para identificar áreas onde a cultura de bem-estar pode ser aprimorada. Essa avaliação pode ser feita através de, por exemplo, pesquisas de satisfação, feedback dos colaboradores e análise de indicadores de saúde e absenteísmo. 

Pesquisa-de-satisfacao.webp

Promoção de um ambiente saudável

Crie um ambiente de trabalho físico que promova a saúde, como espaços para atividade física, áreas de relaxamento e opções saudáveis de alimentação. Ou seja, um local de trabalho saudável cria condições necessárias para que os colaboradores possam prosperar em todas as dimensões de seu bem-estar. 

A seguir, confira algumas maneiras pelas quais a promoção de um ambiente saudável contribui para uma construção dessa cultura:

  • Ergonomia: ambientes adequados ergonomicamente ajudam a promover saúde física entre os colaboradores;
  • Equilíbrio: um local que valoriza o equilíbrio de vida cumpre o papel de reduzir o estresse e esgotamento, promovendo saúde mental.

Além disso, é importante incentivar relacionamentos interpessoais saudáveis, investindo em segurança, apoio e oportunidade de desenvolvimento pessoal. 

Conclusão

Em resumo, a importância da atividade física no ambiente de trabalho transcende os benefícios individuais para alcançar impactos significativos na produtividade, saúde mental e clima organizacional. Ao adotar uma abordagem abrangente que inclui a redução de acidentes, aumento do foco, gestão do estresse, combate ao absenteísmo e fortalecimento do employer branding, as empresas podem criar um ambiente que promova o bem-estar holístico de seus colaboradores. 

Ao investir em estratégias concretas, como programas de auxílio academia e a criação de uma cultura de bem-estar, as organizações contribuem para um futuro sustentável, onde a saúde e o desempenho harmonizam para o sucesso coletivo. Portanto, integrar a atividade física torna-se não apenas uma escolha sensata, mas uma necessidade imperativa para organizações que buscam o florescimento de seus colaboradores e o alcance de resultados excepcionais.

Clique para avaliar o post
Média: 0
Rolar para cima