A responsabilidade social empresarial é o compromisso que as companhias têm de se dedicarem a outros aspectos da sociedade. Afinal, é preciso ir além de produzir e vender, principalmente em países em que a desigualdade e o descuido com o meio ambiente são tão latentes. 

Por outro lado, a responsabilidade social empresarial não é um compromisso apenas da empresa. Seus colaboradores também devem fazer parte dessas iniciativas. Neste artigo, mostraremos como engajar o time da sua empresa. Confira!

A importância da responsabilidade social empresarial

A responsabilidade social empresarial é o compromisso de proporcionar igualdade em oportunidades, promover o desenvolvimento humano e preservar o meio ambiente. A criação de programas, o apoio a entidades e o patrocínio a projetos sociais são algumas das iniciativas que podem ser adotadas. 

No que diz respeito ao desenvolvimento humano e a igualdade de oportunidades, a empresa pode começar um projeto interno, por meio de:

  • processos seletivos igualitários;
  • incentivo para melhorar o nível de conhecimento dos colaboradores;
  • capacitação continuada;
  • aprimoramento profissional;
  • impedir acidentes em atividades operacionais e intelectuais;
  • promoção da qualidade de vida.

A responsabilidade social empresarial é um conceito que deve ser levado de dentro para fora. Primeiro, desenvolve-se atividades e projetos que vão impactar diretamente na vida do colaborador e, depois, cria-se projetos envolvendo a sociedade. 

Algumas empresas se dedicam à responsabilidade social empresarial há anos e, desde então, vêm causando impactos positivos na vida das pessoas. É o caso do Bradesco, no Brasil, que criou um projeto financeiro para assegurar as residências de moradores de locais de risco. O banco lançou um seguro residencial para moradores do Morro Santa Marta, no Rio de Janeiro, a preços populares. 

Outra brasileira, a Fibria, fabricante de papel e celulose, investiu 16 milhões de reais em ações socioambientais nas regiões em que atua. E construiu uma unidade de plantio de mudas de eucalipto em uma comunidade carente na Bahia. Além do envolvimento da população, o objetivo é gerar 250 novos empregos para a região.

Entre as iniciativas internacionais, podemos destacar a multinacional 3M, uma das mais inovadoras do mundo. Em seu instituto de inovação, a empresa promove ações de promoção ao empreendedorismo, valores éticos, cidadania e sustentabilidade. 

Além disso, anualmente promove o Dia Internacional do Voluntariado, onde seus colaboradores são envolvidos em ações para as comunidades, como aulas de educação profissionalizante, arrecadação de livros etc.

Os desafios da responsabilidade social empresarial

A falta de estrutura física e até financeira é um dos impeditivos para as empresas se envolverem em ações de responsabilidade social. Entretanto, diversas atividades podem ser realizadas com pouco recurso, como campanha do agasalho, doação de brinquedos, arrecadação de livros e jogos educativos ou até apoio financeiro para instituições.

Em geral, o brasileiro se interessa por ações de responsabilidade social. Em 2018, a Campanha do Agasalho, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, arrecadou mais de 10 milhões de peças

O número seria maior com a participação das empresas e de seus colaboradores. Os bloqueios, nestes casos, são a falta de informação, a falta de tempo dos colaboradores e o porte das empresas, quanto maior, mais difícil. A organização e o incentivo da empresa podem mudar esse cenário. Veja a seguir como engajar a sua equipe!

3 maneiras de engajar as equipes em projetos sociais

Invista na comunicação

A falta de comunicação prejudica a participação dos colaboradores em projetos sociais. Envie e-mails, crie panfletos e distribua entre os departamentos, cole cartazes pela empresa, crie palestras sobre a importância da ação e cobre a participação de todos. A empresa também pode oferecer recompensas como forma de estímulo.

Defina metas para serem cumpridas

Faça um levantamento de ações realizadas em outros anos e defina uma meta superior para ser alcançada. Comunique aos colaboradores que a empresa está se comprometendo com o projeto e precisa da ajuda de todos. 

Crie gincanas entre as equipes

As competições são ótimas para engajar as equipes. Crie uma gincana dentro da empresa ou utilize os recursos de gamification para criar desafios. Dessa forma, todos se sentirão mais engajados. 

Além disso, a competição pode envolver atividades físicas, ajudando a melhorar a saúde e bem-estar dos colaboradores. 

Os programas de qualidade de vida também ajudam a engajar os colaboradores, não só em projetos de responsabilidade empresarial, como no trabalho de forma geral. Veja neste artigo como essas iniciativas podem ajudar.

Bruno Rodrigues

Author Bruno Rodrigues

CEO e co-fundador da GoGood. Bruno Rodrigues é empreendedor e especialista em inovação pela Universidade de Stanford, co-fundador da GoGood e apaixonado por tecnologia em saúde e por negócios com impacto social. Antes de sua carreira como executivo, foi atleta profissional de karatê e campeão Sulamericano.

More posts by Bruno Rodrigues

Leave a Reply